Disney e seus desenhos subliminares e demoníacos.

Disney e seus desenhos subliminares e demoníacos.

junho 28, 2009
|
213 Comentários
|

Disney e seus desenhos subliminares e demoníacos.

Não é de hoje que ouvimos falar de toda a podridão que ronda os estúdios Disney e associados. Não faz muito tempo e as igrejas BATISTAS e organizações ligadas a este segmento cristão, empreenderam uma árdua luta para boicotar todo tipo de produto ou produção realizados pela Disney. Uma reação que já era de se esperar mediante o desagrado de tais evangélicos, como resposta a varias posições que a Disney vem tomando no decorrer dos últimos anos.
Em uma convenção em Dallas, os delegados votaram maciçamente a recomendação que as 40.613 igrejas boicotem os quiosques da Disney, incluindo seus filmes, parques temáticos, lojas e empresas afiliadas, como a rede de televisão ABC”.
Esta resposta tão enérgica por parte destes seguimentos evangélicos deve-se ao fato de todo o conglomerado Disney, incluindo estúdios, parques temáticos e empresas que respondem por esta “marca”, estarem agora promovendo o homossexualismo, bruxaria, espiritismo e muitas outras formas de conduta desaprovadas perante a Bíblia e a fé cristã.
Não que a Disney em seus primórdios tenha tido uma origem louvável. O que não seria o caso. Mas o que estaria acontecendo creio eu, é que os grupos evangélicos em quase todo o mundo estariam se despertando para enxergar o perigo imenso que Disney representa.
Para explicar melhor este fato, vejamos um exemplo do que estamos falando;
Imagine que uma família cristã decide viajar até um dos parques temáticos da Disney para curtir suas tão esperadas ferias. As crianças estão eufóricas, pois vão ver seus heróis que acompanharam desde que eram muito pequenas! Os pais estão ansiosos para desfrutarem de um ambiente de diversão e descontração familiar, nos vários brinquedos e atrações que só estes parques oferecem! Porem quando lá chegam surpresa!!!
É dia dos Gays e Lésbicas na Disney!!!
Imaginemos agora os adoráveis personagens que nos acostumamos a assistir, vivendo grandes aventuras e confusões que emocionavam e divertiam a nós e a nossas crianças, agora vivendo um comportamento totalmente homossexual.
É exatamente isso que a Disney está promovendo descaradamente. Em 1996, os organizadores dos ‘Dias dos Gays e Lésbicas em Walt Disney World’ usaram um emblema mostrando o Mickey Mouse e o Pato Donald como dois companheiros ‘da gaiola’.Os organizadores do encontro retrataram num desenho animado Mickey e Donald , Minnie e Margarida como amantes homossexuais. A Disney apoiou fortemente este fato. Propagandas e formas de divulgação foram elaboradas, onde Mickey Mouse e Pato Donald convidavam jovens, crianças e adolescentes para conhecerem o empolgante e novo mundo do homossexualismo.
A Disney também anuncia em publicações voltadas para o público homossexual como a revista ‘Out’ e ajuda a subscrever fundos para o Grupo de Trabalho Nacional dos Homossexuais e Lésbicas. O presidente Michael Eisner pertence à diretoria de ‘Hollywood Apóia’, um grupo que conduz sessões de lavagem cerebral nas empresas sobre ‘sensibilidade à sodomia’.
Os estúdios Disney tem produzido muitos filmes que apóiam o homossexualismo, satanismo e outras condutas reprováveis. Se fossemos levantar evidencias a respeito dos produtos Disney, que os desqualificassem de entrarem em nossos lares, tenho certeza de que não precisaríamos ir muito longe para tal. Porem nosso interesse aqui é apenas mostrar o grau de nocividade contido nos desenhos animados da Disney.
Mesmo assim é importante lembrarmos neste artigo que Disney não produz somente desenhos. Sua área de ação vai desde seriados de TV, musicais, documentários, filmes e se estende ainda mais.
DISNEY ESTRÉIA JÁ COM MENSAGENS SATÂNICAS.
BRANCA DE NEVE E OS SETE ANÕES
O primeiro trabalho dos estúdios Disney foi a Branca de Neve e os sete anões (Snow white and the seven dwarfs) produzido em 1937. História baseada em conto de ‘fadas’ dos irmãos Grimm.
O desenho trabalha com a mesma mensagem da historia infantil. Uma princesa que é perseguida por uma madrasta que invejando sua beleza manda um caçador mata-la. Este se compadece da menina e lhe ordena que fuja e se esconda na floresta, enganando então a bruxa má com o coração de um cervo afirmando ser da menina.
Foi uma das obras primas de Disney e alcançou um grande sucesso em sua época, como até hoje ainda alcança. No entanto, de inicio já é possível perceber que o desenho alude a várias simbologias místicas. Como os Anões por exemplo que obviamente não são anõezinhos mas sim Gnomos ou espíritos da floresta, ou espíritos das profundezas no sentido mais claro da palavra.
A mensagem passada por este desenho é que mesmo os espíritos da floresta ou gnomos feios, podem ser protetores e amorosos, pré-condicionando as crianças a aceitarem e amarem estes espíritos.
Mas o problema não esta somente na mensagem passada, pois podemos notar também, que mesmo este sendo o primeiro longa-metragem produzido por Disney, ele já trazia cenas duvidosas e estranhas coincidências, que nos levam a crer que o império Disney foi construído sobre um alicerce satanista.
Logo no inicio do desenho, quando o caçador está pronto para matar Branca de Neve, ao apontar um punhal para ela que está indefesa. A garota então cruza os braços sobre seu rosto e com a mão faz o famoso sinal de invocação satânico (cornudo) usado para invocar Satanás em rituais de missa negra e outros
Subitamente depois de tal cena a mão do caçador começa a tremer e ele cai de joelhos sem mais coragem de matar á garota. Algo como uma resposta acontece ao símbolo de invocação feito muito sutilmente por Branca de Neve, que não é percebido pelos espectadores pois estariam atentos a dramatização e emoção da cena em si. No entanto um símbolo satânico foi feito nesta parte e uma invocação demoníaca foi consumada tal como ocorre em rituais ocultistas.
Existem momentos no desenho em que alguns acreditam que os anões também fazem o mesmo sinal e até gestos obscenos. Ao voltar para casa um dos anões parece fazer o mesmo símbolo com a mão e em outro momento quando Dunga segura a vela para ver qum está no quarto ele mostra o dedo do meio.
Também no inicio do desenho a Rainha vai consultar o seu espelho mágico e entre as palavras usadas para invocar o espírito do espelho ela profere “E VEM PELAS TREVAS EU TE CONVOCO”. Neste momento está havendo uma verdadeira invocação demoníaca e nossos filhos estão assistindo e compactuando com isso.
O que pode ser visto em Branca de Neve é apenas o inicio de todo o tipo de comportamento obsceno demoníaco e homossexual que foi disseminado depois disso através de outras grandes produções da Disney.
CINDERELA
Uma outra produção de sucesso dos estúdios Disney é o clássico Cinderela, também adaptado dos contos de fadas infantis e que ganhou vida com toda a qualidade possível na sua época.
Disney conseguiu dar um toque diabólico ao conto da Cinderela e inseriu na estória algumas mensagens que realmente não fazem parte da idéia original deste conto de fadas.
Encontramos varias referencias ao satanismo e isso nos leva a crer que talvez a única intenção em se produzir este desenho seria apresentar á pessoa do Diabo ás crianças, e recrutar assim novos adoradores e seguidores.
A mensagem desta animação em si já é duvidosa e diabólica. Pois logo no inicio do desenhos vemos Cinderela chamar o seu gato e ela profere a seguinte frase “LÚCIFER VENHA AQUI!”
Isso mesmo! O gato se chama LÚCIFER o nome próprio do Diabo. Por que alguém colocaria o nome do diabo em um personagem de desenho, feito para o público infantil?
A resposta para esta pergunta é muito simples!
Disney colocou este nome propositalmente. Não existiram coincidências neste caso. O nome foi colocado como forma de fazer apologia á Satanás. Para transmitir doutrinas a crianças que só poderiam ser alcançadas através de um desenho animado.
Em outro acontecimento vemos o propósito de o gato ter este nome.
Quando Cinderela esta tentando convencer o seu cachorro a gostar do gato que é extremamente malvado, ela diz o seguinte:“…Falo sério, lúcifer tem seu lado bom! às vezes é… bem, aliás, sempre ele é… Ora, ele não pode ser tão mau assim!”.
A doutrina ou mensagem que é passada aqui é que as crianças não devem desistir de LÚCIFER, pois ele não é de todo mau, mas também tem seu lado bom. Tal afirmação causa uma confusão nas mentes de crianças que ainda não tem o seu intelecto totalmente formado, causando um conflito de valores pois isso não condiz com o que aprendemos sobre o Diabo. Mesmo que Cinderela esteja se referindo ao gato, no entanto é uma típica frase que visa condicionar subliminarmente crianças a verem o lado bom de LÚCIFER. Não fosse esta a intenção, por que não usar outro nome então?
Existem também cenas sem propósito, como no momento em que Cinderela esta saindo da casa e sua sombra se projeta sobre o gato que está deitado, formando a silhueta de uma pessoa com a face de um demônio.
É comum encontrarmos neste desenho vários dos personagens fazendo os mesmo símbolos satânicos que já é comum encontrarmos em outros desenhos da Disney
Com base apenas nestas observações podemos concluir que os Estúdios Disney possuem algum tipo de pacto ou ligação com religiões satanistas, pois seus desenhos refletem a todo tempo que isso seria possível.
FANTASIA
O desenho fantasia é provavelmente uma das mais obscuras produções da Disney. Um dos temas principais do desenho é a bruxaria, onde Mickey Mouse é aprendiz do mago Merlin.
O desenho envolve algumas situações engraçadas onde os feitiços como sempre saem errados, provocando as mais inusitadas situações. Isto porem não é o mais preocupante neste anime, mas sim algumas atitudes e cerimônias presentes nesta produção.
Há um momento em que Mickey da vida a uma vassoura para que ela lhe poupe do trabalho de carregar água de um poço. A vassoura ganha vida e começa a se comportar como um personagem vivo, com braços e tudo mais. Neste momento Mickey adormece e quando acorda muitas coisas erradas estão acontecendo e os personagens a quem ele deu vida estão descontrolados. A vassoura está enchendo tudo de água e não há como faze-la parar, a cena que se segue depois foi considerada não apropriada para crianças, pois Mickey usa um machado pára matar a vassoura, esquartejando-a totalmente. Tal cena não parece ser psicologicamente correta para as crianças, pois ainda não conseguem discernir o que é fantasia ou não, uma vez que a vassoura se comportava como um personagem vivo, para as crianças Mickey cometeu um assassinato.
Encontramos um outro momento no desenho em que o satanismo e divulgação do culto ás trevas é inserido descaradamente e apresentado ás crianças. Um monte alto e escuro que aparece na paisagem do desenho, ao anoitecer revela ser na verdade Satanás adormecido e logo convoca uma multidão de almas dos mortos para adorá-lo e prestar culto. Começa então um ritual de sofrimento e opressão a estas almas, que são torturadas por Satanás e lançadas no fogo. O diabo brinca e devora almas neste desenho.
Satanás acordando
Almas saindo do cemitério para adorar Satanás.
O Diabo devorando almas
Almas sendo castigadas por Satanás. Não é de se estranhar que Disney representasse as almas com a imagem de mulheres nuas. Percebemos que a sensualidade já era latente até mesmo nos desenhos antigos produzidos por esta empresa.
Almas sendo lançadas no inferno, ou mesmo no lago de fogo.
O que se percebe neste desenho é que não bastou para Disney, apenas divulgar a bruxaria e outras doutrinas ocultas. Ele retratou todo um universo satanistas, inclusive o Diabo, o Inferno e almas torturadas sadicamente. O quadro deste desenho nem de longe vai compor uma diversão saudável para crianças e adolescentes. No entanto está obvil que visa iniciar as crianças nos ritos malditos dos satanistas e adoradores do Diabo.
Disney e a corja satanista dos seus estúdios devem ter se sentido realizados ao conseguir expor tão claramente suas crenças e glorificar seu mestre em um anime que foi visto por milhares de crianças e pessoas de varias idades.
HERCULES
O 35º clássico animado da Disney, HÉRCULES – uma corrida de proporções Olímpicas repleta de ação, emoção e fantasia – é a mais divertida e imaginativa aventura musical de sempre! Dotado de força sobre-humana, um jovem mortal chamado Hércules decide provar ao seu pai, o grande deus Zeus, que é um herói. Conjuntamente com os seus amigos Pégasos, o cavalo voador, e Fil, o seu treinador privado, Hércules é enganado pelo hilariante vilão Hades, que planeja dominar o Monte Olimpo! Hércules tem agora de escolher entre a sua lendária força ou o seu verdadeiro amor, a bela Meg.!
Logicamente entende-se que o desenho HERCULES é baseado na narrativa mitológica sobre este suposto herói do mundo antigo. Como sempre, Disney usa um tema já existente e de preferência místico para criar seus desenhos.
Algo a se perceber é que Disney sempre altera as narrativas originais, de acordo com seu bel prazer. Talvez para inserir suas idéias satânicas e como sempre, divulgar seus demônios, coisa que tem aumentado muito ultimamente.
Existem diferenças entre a narrativa original de Hercules e o desenho de Disney citaremos algumas:
1- No desenho Hercules é um Deus filho de Zeus e Hera. Mas na narrativa original na verdade ele é filho de Alcmena (uma mortal) com Zeus. Sendo assim um mortal também.
2- O principal inimigo de Hercules no desenho é Hades que quer a todo custo matá-lo. No entanto na mitologia ele pouco aparece, quem realmente quer matar Hercules é sua madrasta Hera que no desenho seria sua mãe.
3- No desenho Hércules é treinado por uma sátiro chamado Filoctedes ou seja FIL, na mitologia grega Hércules é treinado por um centauro chamado Quiron, e Filoctedes não é um sátiro, na verdade ele é um rapaz que recebe do própio Hércules seu arco e flechas.
Existem características neste desenho que mostram que não passa de mais uma obra satanista da Disney. Como em muitos outros, a fantasia precisa fazer jus a demônios e a espíritos das mais baixas estirpes do mundo espiritual.
Encontramos demônios de sobra neste anime. Entidades que são muito bem conhecidas em cultos satânicos e religiões pagãs e espiritualistas.
Ainda que Disney use como defesa o fato de que teria que inserir figuras mitológicas, devido a própria narrativa de Hercules conter estes espíritos. No entanto Disney usou um tema bastante propicio para a divulgação de suas doutrinas, e o pior, ainda distorceu os fatos, para que entrassem em cena os demônios e seres de sua preferência.
Personagem como FIL, o treinador e amigo particular de Hercules, que na realidade não tem nada haver com a narrativa grega original, tem um papel importante no desenho da Disney.
FIL na verdade seria a imagem do deus mitológico PAN, um demônio que não tem nada de inspirador e educativo para as crianças. Esta entidade é o deus grego das orgias e dos prazeres carnais, alem de ser também um dos símbolos prediletos do satanismo antigo e moderno. Segue á baixo quatro imagens deste demônio, uma segundo Disney, outra da mitologia grega, das religiões místicas incluindo bruxaria e por fim satanismo.

Mas a descoberta mais terrível e que nos leva a crer que existe uma forte manipulação de religiões satanistas por traz desta produção da Disney, ocorre em uma determinada cena do desenho animado, onde Hades está revoltado com Hercules e descarrega toda sua ira gritando com os dois demônios que o servem. Neste momento ele profere a seguinte frase:“…Eu estou prestes a reorganizar o universo e o único idiota que pode estragar tudo está vagando por aí!
Ao pronunciar a palavra “idiota” as chamas sobre seu corpo formam o nome “JESUS”, em seguida a imagem de uma cruz. Uma clara manifestação de ódio a Deus e seu plano de salvação.

O que vemos aqui é que o Diabo manifesta sua revolta por saber que JESUS é o único capaz de impedir seus planos de reorganizar o universo. Esta afirmação coincide perfeitamente com as imagens mostradas no desenho. Não há como afirmar que isto é obra do acaso. O que vemos é uma mensagem subliminar inserida.
Algo que é importante lembrar, e que para quem tem um certo conhecimento do mundo espiritual, compreende muito bem, é que o desenho Hercules da Disney, não se trata somente de fantasia, mas sim misticismo. Disney investiu sua arte e seu dinheiro em uma produção capaz de divulgar o mundo místico das religiões pagãs e que são as bases do Satanismo moderno. Por isso, este anime vai muito alem de divulgar a imagem de demônios ou coisas do gênero, mas também visa mergulhar as crianças e adolescentes, que são suas principais vitimas, em um mundo onde possam ser iniciadas nos ritos malditos do paganismo e oposição a Deus. E mesmo que muitos não consigam compreender com clareza a ponto de serem influenciados por toda a simbologia demoníaca, passada por Disney, as crianças ainda poderão ser amaldiçoadas levando um DEMÔNIO em forma de brinquedo para suas casas
Não nos deixemos enganar por Disney, demônios não são bonitinhos ou engraçados. Não devem fazer parte da vida de nossos filhos e muito menos entrar em nossos lares..
“Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.”
(Provérbios 22:6)